Dia 329 – A Primeira Peça


Papai e Mamãe sempre fecham a porta do banheiro quando estou no chão. Acho uma tremenda sacanagem! Tem tanta coisa legal lá….tem um lugar que se empurrar um troço transparente, ele dobra e às vezes cai água do teto! E tem um monte de coisas grudadas nas paredes, que parecem desenhos.

E aquele negócio branco que parece um troninho e tem tampa? Eu quero ver o que tem dentro mas ninguém deixa! Sempre tiram minha mão quando vou levantar a tampa ou Papai coloca o joelho pra impedir, enquanto ele está enchendo a banheira pro meu banho!

Eles também fecham a porta do quarto deles. Eu adoro lá dentro! Quase sempre tem algum sapato no chão pra eu sentir o sabor! Também tem um tapete tão gostoso, que adoro ficar sentado nele enquanto puxo aqueles fios pra tentar fazer a TV descer e ficar mais fácil pra ligar e desligar. Sem contar aquela caixa grande atrás do armário, de onde o Papai tirou uma vez um negócio esquisito com um monte de cordas que ele fez sair som…..gostei tanto!! Pena que ele não faz isso muitas vezes….

Pelo menos meu quarto sempre fica aberto! Também, lá estão todos meus brinquedos! Eles iam ver só se o deixassem fechado! Hoje eu descobri um lugar muito legal, novo, e não sei porque a Mamãe ficou tão brava ao me ver ali! Ela sempre tenta me colocar lá em cima para dormir, mesmo eu já tendo falado pra eles várias vezes que prefiro dormir com eles. Entrei embaixo do berço e descobri várias caixas fechadas, que não consegui abrir! Será que são brinquedos que eles estão guardando pra mim? Se eu pedir com jeitinho será que eles me dão agora?

Quando o Papai chegou, eu entendi o porque da Mamãe ter ficado brava quando fiquei embaixo do berço…hihihi! Eu estava brincando enquanto ela cuidava da casa, e quando ela foi me procurar não me encontrou! Buscou em todo lugar, e eu fiquei quietinho pra ela não perceber onde eu estava pois ela ia querer me tirar de lá, tenho certeza!! E lá é tão gostoso, fresquinho, escurinho! Só que aí acabei fazendo barulho e ela percebeu…mas não brigou comigo não! Acabou achando engraçado, só não sei por que…