Dia 240 – A Maçã e o Cansaço


Há noites que parecem dias com o Biscoito. Em todos os sentidos! Parecem dias porque ele fica um tempão acordado esquecendo que é de noite e que deveria dormir, e parecem dias porque duram uma eternidade. Nessas noites, se é durante a semana, a Mamãe dorme pouco, se é final de semana, nós dois dormimos pouco, pois mesmo eu cuidando dele, a Mamãe fica acordada.

Então chega uma hora em que você não sabe mais nem o caminho da cozinha, quanto mais o que foi fazer nela.

Teve uma noite especificamente que o Biscoito acordou quase que de hora em hora…isso nas poucas horas em que ele dormiu, pois ficou várias acordado. Então na noite seguinte estávamos os dois cansados. Durante a noite, numa das mamadas, eu só lembro de estar em pé na cozinha, na frente da fruteira, olhando pra ela e pensando se não tinha alguma outra coisa para comer na geladeira.

Eu jurava que a Mamãe tinha pedido algo pra comer. Olhei pra meia maçã que tinha sobrado da sobremesa do Biscoito, tirei o plástico, coloquei numa tigela, e levei pro quarto, deixando no criado-mudo ao lado da Mamãe.

Ela achou que eu tinha levado um copo de água.

No dia seguinte ela me perguntou porque eu levei a maçã. A resposta foi um simples e confuso “não faço a menor ideia“!

Quem sabe se daqui alguns anos, quando estiver fazendo uma sessão de regressão no psicólogo não descubra o que pensei nessa noite.